Mineiro chileno completa Maratona de Nova York

Edison Peña completa a Maratona de Nova York em cinco horas e 40 minutos e 52 segundos.

O chileno Edison Peña, um dos 33 mineiros resgatados no mês passado da mina de San José, correu neste domingo a Maratona de Nova York e completou a prova em 5h40min52.

A torcida o ovacionou durante todo o trajeto pelas ruas de Nova York. Quando Peña passava pela ponte do Brooklyn, residentes hispânicos da região gritaram “Chile, Chile“, segundo relato do jornal chileno La Tercera. Depois de passar 69 dias soterrados, o mineiro de 34 anos terminou a prova correndo, com a bandeira do Chile nas mãoes, e cumpriu sua meta de correr a maratona em menos de seis horas.

O resultado surpreendeu os organizadores da Maratona de Nova York, uma vez que o mineiro correu com uma lesão no joelho esquerdo e também por ter enfrentado um trauma pessoal recentemente.

Enquanto aguardava o resgate Peña corria 10 quilômetros por dia nas galerias subterrâneas, guiando-se com a luz do capacete, como forma de conter a ansiedade.

O mineiro Peña largou na ponte Verrazano, em Staten Island, às 12h40 (de Brasília) e chegou ao Central Park, cruzando a linha de chegada da Maratona de Nova York, às 18h30.

Tenho um joelho machucado que vem lá de baixo (da mina), mas espero poder terminar“, explicou ao jornais, antes de começar a prova. “Espero motivar os jovens“, completou.

Agora é colocar gelo nos joelhos. Um belo exemplo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s